fbpx

O FGT é o primeiro sistema, que permite aos Peritos Judiciais e Contábeis, reconstituir e calcular o saldo de qualquer conta do Fundo de Garantia desde 1967, em qualquer situação de perdaO FGT – Fundo de Garantia do Trabalhador, é o primeiro sistema, que permite aos Peritos Judiciais e Contábeis, Escritórios de Advocacia, Advogados, Escritórios de Contabilidade, Contadores, Sindicatos Laborais ou Patronais, Empresas Devedoras do Fundo de Garantia e Trabalhadores, a reconstituir e calcular o saldo de qualquer conta do Fundo de Garantia desde 1967, em qualquer situação de perda.

Com ele, você calcula o saldo de suas contas do Fundo de Garantia, nos casos de:

  1. Empresas que não depositam o Fundo de Garantia;
  2. Empresas que pagam parte do Salário, Horas Extras, Comissões, etc., em Caixa 2; 
  3. Empresas que não assinam a Carteira de Trabalho:
  4. Expurgos da TR em relação ao INPC; 
  5. Expurgos dos Planos Verão e Collor I; 
  6. Multa de 40% sobre os Saques no caso de demissão Sem Justa Causa;
  7. Juros Progressivos não pagos; 
  8. Contas desaparecidas ou esquecidas:
  9. Erros operacionais dos Bancos gestores do Fundo de Garantia.

Basta lançar os depósitos mensais (ou salário), saques ou inicializar o saldo no nosso sistema, que nós atualizamos o saldo de suas contas com os rendimentos mensais devidos. Assim você pode consultar o saldo do seu Fundo de Garantia a qualquer momento, emitindo três tipos de extratos:

  1. Oficial, com os índices de JAM (Juros e Atualização Monetária) usados pela Caixa Econômica Federal para atualizar o saldo do Fundo de Garantia.
  2. Expurgos dos Planos Econômicos Verão e Collor I, para quem ainda tem ação na Justiça, ou para saber se recebeu corretamente os expurgos.
  3. Expurgos da TR (Taxa Referencial) em relação ao INPC, que confiscou mais de R$ 400 bilhões desde 1999